Proteção Patrimonial - Empresas e sócios

Nossa equipe de advogados desfruta de absoluto conhecimento de todas as variáveis neste segmento empresarial há muitos anos, o que permitiu extrema bagagem e experiência no tocante a proteção patrimonial das empresas e seus sócios. Desde a década de 1990, a proteção patrimonial vem se popularizando no setor empresarial brasileiro, especialmente os benefícios que sua constituição pode trazer para empresários que atuam nos mais variados segmentos e portes empresariais.  Nosso foco é proteger o patrimonio empresarial e dos sócios de forma jurídica e totalmente dentro da lei. 

Os bens de um empresário estão sempre sujeitos a ações judiciais dentro da lei. Por exemplo, se um ex-funcionário entrar com uma ação trabalhista, o juiz pode determinar que até mesmo o carro ou a casa do dono da empresa entrem como pagamento da indenização. Outra questão muito comum é a divisão dos bens em separação matrimonial. Situação que já não acontece numa proteção patrimonial. Isso porque, neste caso, os bens estão protegidos por lei. Todas as empresas ou bens pertencentes à aquela empresa ou aquele sócio não podem sofrer intervenção como ações trabalhistas, fiscais e bancárias, entre outras.

Com a proteção patrimonial cria-se uma gestora de participações sociais, ou seja, uma forma de sociedade criada com o objetivo de administrar um conglomerado de outras empresas. Mais comum no ambiente de médias e grandes corporações, a proteção patrimonial pode ser utilizada também por proprietários de estabelecimentos de pequeno porte. Cada vez mais os empresários buscam informações a respeito do assunto, principalmente após o surgimento da suspensão judicial e penhora online. Atualmente os empresários procuram formas de proteger seus patrimônios e ter mais tranqüilidade para administrar o negócio.

Advocacia Empresarial - 2010 - Todos os Direitos Reservados - All Rights Reserved

Desenvolvido e Hospedado por Eu Quero Eu Posso Eu Faço